Policial é morto à sangue frio

Um assalto a ônibus da Real Expresso terminou com três pessoas mortas, na madrugada desta terça-feira (15). Entre elas, um sargento da Polícia Militar do DF. O coletivo fazia a linha São Paulo – Brasília e trafegava pela altura do KM 61 da BR-040, quando dois criminosos começaram a efetuar disparos de arma de fogo, obrigando o motorista a parar. Era por volta das 4h30.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, logo que os bandidos invadiram o veículo, reconheceram o PM, que estava fardado, e começaram a atirar. Um agente penitenciário, que também estava a bordo, reagiu e atirou contra os assaltantes. Os dois morreram no local.

Ferido com dois disparos, o PM Hernandes José Rosa foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia, mas não resistiu. Ele morava em Catalão (GO) e era lotado no Batalhão do Núcleo Bandeirante. Ainda de acordo com a PRF, uma passageira ficou gravemente ferida e um outro rapaz foi baleado na mão. Um dos criminosos portava uma arma calibre 12 e o outro, uma .40.

 

 

Fonte: Pelo Mundo DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *