Entrega do térreo do Espaço Cultural Renato Russo está prevista para julho

Foram pagos aproximadamente 36% do valor total, de mais de R$ 6 milhões, para as obras de revitalização do ponto na 508 Sul

As obras no Espaço Cultural Renato Russo, na 508 Sul, estão 35,79% executadas. A entrega do térreo está prevista para julho, e do restante, para agosto, segundo a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap).

Os trabalhos no local vão custar R$ 6.268.563,77, recursos provenientes do Banco do Brasil.

“Este é um espaço de formação dos artistas e da cultura da nossa cidade, e esperamos devolver para a população até o fim do semestre”, disse o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Ele visitou o local na manhã desta terça-feira (8) com o objetivo de vistoriar os trabalhos, cobrar prazos e identificar possíveis problemas.

Estão sendo executadas as instalações elétricas e de incêndio, pintura e revestimento de pisos. As demolições necessárias para criação e ampliações de ambientes já foram quase concluídas. A rede hidráulica está 80% feita. As coberturas estão prontas.

Os trabalhos estão atrasados em um ano devido a mudanças no projeto. “Não previmos esse tipo de atraso, mas precisamos fazer adaptações para garantir a segurança da infraestrutura. Já resolvemos isso, e agora a obra segue no ritmo normal”, afirmou o diretor-presidente da Novacap, Júlio Menegotto.

“Trata-se de uma revitalização total, que vai permitir a volta dos espetáculos”, sintetizou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Antonio Coimbra.

A reforma do espaço cultural contempla intervenções como a reforma completa das salas multiuso, dos teatros (Galpão e Galpãozinho), da Biblioteca das Artes, do foyer e das estruturas do prédio (incluindo acessibilidade).

Bombeiro Amigo atende idosos em sete regiões do DF

Após a vistoria ao Espaço Cultural Renato Russo, Rollemberg foi para o clube do Corpo de Bombeiros, no Setor de Clubes Esportivos Sul, para a confraternização de Dia das Mães em homenagem a mulheres idosas atendidas pelo programa Bombeiro Amigo.

Em 2018, a iniciativa teve a participação de 1.659 idosos de 7 regiões administrativas.

Os bombeiros promovem aulas de ginástica, artesanato, trabalho em horta, coral, informática e grupos terapêuticos. Recebem essa iniciativa as regiões de Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Samambaia, Santa Maria e São Sebastião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *