Crossfit não é só levantar peso: treino busca melhorar condicionamento físico

Os exemplos de outros exercícios que são feitos numa aula de crossfit incluem pular corda, fazer flexões, correr, saltar, nadar, realizar movimentos na argola, entre outros; coach explica tudo,

 O crossfit não é só levantamento de peso. Existe uma realidade por trás disso, e muitos ainda não dão oportunidade, por acharem que esta atividade é somente erguer barras, carregar pneus e subir em cordas. Na Internet, vídeos mostram altas cargas sendo levantadas por cima da cabeça e a primeira frase que vem acaba surgindo: “Eu não consigo levantar isso”.

Mas quem disse que o aluno é obrigado a levantar algo? O crossfit não é so LPO (levantamento olímpico), tem envolvido também muitos movimentos da ginástica olímpica e outros funcionais. Desde que o crossfit foi criado, seu objetivo sempre foi modelar um amplo condicionamento físico, onde dê para todos, que seja inclusivo, buscando sempre preparar as pessoas para sua rotina diária.

Pular corda é um dos exercícios mais usados no crossfit (Foto: IStock Getty Images)

Pular corda é um dos exercícios mais usados no crossfit (Foto: IStock Getty Images)

Os exemplos de outros exercícios que são feitos numa aula de crossfit incluem pular corda, fazer flexões, saltar, correr, nadar, realizar movimentos na argola, entre outros. Se sua meta for a competência física ideal, então será preciso levar em consideração todas as habilidades físicas gerais:

  • Resistência cardiovascular e respiratória: a capacidade dos sistemas orgânicos de reunir, processar e fornecer oxigênio.
  • Resistência muscular: a capacidade dos sistemas orgânicos de processar, fornecer, armazenar e utilizar energia.
  • Força: a capacidade de uma unidade muscular ou combinação de unidades musculares de aplicar força.
  • Flexibilidade: a capacidade de maximizara amplitude de movimento em uma articulação específica.
  • Potência: a capacidade de uma unidade muscular ou combinação de unidades musculares de aplicar força máxima em um tempo mínimo.
  • Velocidade: a capacidade de minimizar o ciclo de tempo de uma repetiçao de movimento.
  • Coordenação: a capacidadede combinar diversos padrões de movimento distintos em um movimento distinto individual.
  • Agilidade: a capacidade de minimizar o tempo de transição de um movimento para outro.
  • Equilíbrio: a capacidade de controlar a colocação do centro de gravidade do corpo em relação à sua base de apoio.
  • Precisão: a capacidade de controlar o movimento em uma direção específica ou com uma intensidade específica.
  • Fonte: Glogo esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *